local_library Rivais! - Kono oto Tomare! EP12

Publicado por: Ciclista - Há: 4 semanas atrás
Categoria: Resenhas



Deixarei-vos estes prévios avisos em todas as resenhas deste quadro:

 

             Esta resenha é exclusivamente sobre o episódio 12 de Kono oto Tomare! ("Stop this Sound!") e pertence ao novo quadro de criação de conteúdos do site. Se ainda não acompanhaste as reviews anteriores desta série, clique aqui para conferí-las!

 

       Não é de minha pretensão descrever os episódios, tampouco compará-los com episódios posteriores ou com cenas do mangá, portanto não haverão spoilers. Ainda assim recomendo que só leia esta resenha após ter assistido ao duodécimo episódio, pois assim compartilharemos experiências simetricamente.


Análise e Comentários

       Basicamente este foi um episódio de desenvolvimento para os secundários e de preparação para o clube. Ainda nem tivemos a esperada apresentação do nosso amado clube, mas ganhamos bastante pontos para discutir. Kono oto Tomare, como já observado, se importa bastante com a edificação de personagens 'não-tão-importantes', isso é algo único da série e será visto como algo bom para alguns, e para outros não. Particularmente, acho negativo explanar a motivação de personagens assim que ele é apresentado, pois desvia a atração principal, que no caso seria a performance dos protagonistas.

 

       Ousuke-chan sente-se ofegante após a apresentação mesmo sendo koto, um instrumento que se toca sentado, tudo bem que a música era extensa, mas isso demonstra que o problema, provavelmente cardiovascular, é realmente sério. A sua interação com Asa-chan é bem esquisita, não consigo explicar precisamente, mas interpretei como um amor não-correspondido que Ousuke prefere sempre agir de forma descontraída para aliviar os seus sentimentos. No meu juízo, os seus sentimentos reprimidos é o que lhe transforma em uma pessoa propriamente fria, ainda que cercado por amigos.

 


      O papel de elevar a moral do clube, embora tenha sido cômico, fora perfeitamente executado por Satowa e Takezou, os mais experientes em presença de palco. Se bem que para motivar criançolas como Chika e seus colegas basta desafiá-los dizendo um 'eu dúvido' ou um 'vai desistir?'.

 

      Agora que conheceram o seu mais novo rival, Chika Jr, se sentirão mais motivados ainda. E como diabos Chika Jr conseguiu montar um clube sem ter pelo menos 5 integrantes? Bom, talvez por fazer parte de uma escola totalmente masculina, haja uma maior tolerância. Ademais, apesar de eu não ter achado que sua voz tenha combinado, é um personagem agradável, suas interações com o clube foram hilárias e sua motivação de resgatar um clube à beira do fim é inspirado. Outro personagem de índole misteriosa a julgar por seu visual é Kanzaki Mio, ele é repleto de metáforas que vou adorar decifrá-las posteriormente, mas ainda não temos muita informação sobre ele.

Curiosidade: o dublador de Kanzaki Mio é Aoi Shouta, o mesmo que canta a opening.

 

      Em seguida tivemos a performance de 'Sarashi Fuutegoto' a todo vapor pelo dueto. Bem, eles deram tudo de si e tiveram uma apresentação acima do esperado, é bem possível que eles tenham uma nota superior que à de Takezou e compania. Logo após, tivemos a escola Himesaka com uma apresentação técnicamente boa, mas como comentado por algum dos personagens, suas notas soam rigorosas como tropas militares, não há sentimento envolvido na peça, sua única motivação é estar por cima dos outros e é provavelmente por isso que não alcançam o primeiro lugar.

 

      No entanto, a grande supresa do episódio foi o passado de Takinami-sensei, no fim das contas ele realmente manjava de música, isso explica todas as cenas onde ele se demonstrava experiente, mas não justifica a sua ausência como conselheiro do clube. Taxado como desapontamento de uma família de elite musical, sua história nos abre um tênue debate: a dependência da produção cultural.

" A música é melhor quando genuinamente apreciada " - Takinami Suzuka.

 

      De maneira geral, em um país capitalista/consumista, tudo o que produzimos tendemos a transformá-lo em produto e, consequentemente, fazem-nos desvalorizar a cultura erudita e popular para engrandecer a chamada cultura de massa. Ou seja, se você produz algum tipo de arte puramente por prazer ou contemplação, serás recatado, já se você transformar o seu dote artístico em trabalho, serás, como descrito pelo anime, acorrentado pela pressão da mídia e de seus seguidores a esforçar-se estritamente por dinheiro, não pelo que amas. Além disso, atualmente não há incentivos para criar clássicos ou obras grandiosas, afinal, temos uma população com baixo grau de instrução e as obras mais técnicamente simples são mais rápidas para se produzir e mais populares, empresários que querem dinheiro fácil optam pela cultura de massa.

 

      Por fim, o desastre de Hiro em derrubar um koto devido ao seu nervosismo/distração custou uma lesão para a mão de Chika. Como eu havia dito nos comentários, para mim foi deveras desnecessário o autor acrescentar esta prejudicialidade, pois o clube já havia poucas chances de vencer este torneio, haja vista o desempenho de alto nível das outras escolas e a inexperiência de Hiro em apresentações com audiência. Arrisco-me a dizer que ele adicionou essa cena apenas para ter mais um momento de shipp de ChikaxSatowa, desapontado estou se for o caso. Uma boa justificativa para que isso não abale tanto o clube durante a apresentação seria de que Chika é resistente à lesões, já que em sua infância envolvivia-se em brigas de rua. Ainda assim, se o clube conseguir conquistar o primeiro lugar, diria que foi protagonismo puro, desculpem-me.


      De maneira geral foi um bom episódio repleto por surpresas e ainda teremos mais um episódio para finalizar o cour, estou ansioso para que este seja finalmente e unicamente para a apresentação do clube. Já para os nacionais, eu apreciaria ver o clube tocar uma música composta pelo professor Takinami, de certa forma ele tem um motivo para se sentir a vontade e reviver o seu antigo deleite, pois o clube não está interessado em dinheiro ou algo do tipo, apenas querem tornar realidade um sonho através da música.

 

 

  star star star star star 

 

 

 

 

      Diga-me, caro dreamer, o que acrescentarias para a discussão deste episódio? Concordas com tudo o que digo? Abaixo, nos comentários ou em nosso servidor do discord, são os espaços onde podes exprimir o que pensas! >:)

 

" Dizem que os dragões conectam o céu e a terra, o mundo dos vivos e dos mortos, juntando duas coisas não conectadas. Então Kotos, que são criados para se assemelhar a esses mesmos dragões, conecta os corações dos tocadores e do público ".

 


<< Resenha Anterior                       Clique aqui para assistir Kono oto Tomare!

 

person Sobre o Autor

Ciclista por paixão. Redatora por prazer. Garota tumblr nas horas vagas.

comment Carregando...


local_library Últimas Notícias