local_library Given: Primeiras Impressões

Publicado por: Ciclista - Há: 1 mês atrás
Categoria: Resenhas



             Esta resenha é exclusivamente sobre o episódio 1 de Given. Não é de minha pretensão descrever os episódios, tampouco compará-los com episódios posteriores ou com cenas do mangá, portanto não haverão spoilers. Ainda assim recomendo que só leia esta resenha após ter assistido ao primeiro episódio, pois assim compartilharemos experiências simetricamente.


Análise e Comentários:

      Para os avoados que estão lendo a review antes de assistir ao episódio: trata-se de um Shounen Ai, ou seja, contém algumas leves cenas de romance entre homens, mas isto é apenas um detalhe, pois o enfoque de Given é o seu conteúdo dramático e musical. Portanto, se sua heterossexualidade é frágil a ponto de se incomodar com uma minuciosidade, podes sair, mas saia sabendo que estás perdendo uma grande obra sem ao menos dar-lhe uma chance, assim como uma criança mimada diz não gostar da comida sem sequer experimentá-la.

 

      Given é a minha aposta para esta temporada, assim como Kono oto Tomare foi, e com razão, minha aposta para a Spring Season. Por coincidência e não por preferência, ambos do ramo musical. Após assistir à sua estreia, as minhas expectativas permaneceram intactas, isso porque o anime demonstrou possuir um orçamento considerável, já que conseguiram aprovação para exibir algumas marcas registradas como Fender, Gibson e Pearl. Além disso, o visual é atraente, a animação soa com fluidez e o CGI usado no ensaio foi sensato, sem que houvesse exorbitâncias. Caso Given continue constante como neste episódio, estarei convicto de meu palpite.

      O primeiro personagem apresentado chama-se Mafuyu, um cara meio desligado e distraído, mas ao mesmo tempo misterioso, pois além de ter uma personalidade fora do padrão, este garoto possui uma guitarra de sublime qualidade sendo apenas um novato. Não obstante, como demonstrado no começo do episódio, Mafuyu tem tido repetidamente um sonho inusitado: o testemunho de um suicídio. Ainda não me ficou claro se ele tem este sonho por causa de algo que já presenciou mas não se lembra por ser um trauma, ou se é um mau presságio. De qualquer forma, Given já deixou claro que o anime não será somente um romance entre garotos, pois haverá algum direcionamento sério para a temática do suícidio.

 

      O segundo protagonista é Uenoyama, um garoto visualmente atraente, habilidoso com a guitarra e que pratica basquetebol em suas horas de lazer. Tinha todas as características para ser popular, mas possui poucos amigos e acha entediante tudo o que faz. Uenoyama acaba realizando a manutenção da guitarra de Mafuyu e, simbolicamente, conserta a corda que outrora fora estourada devido ao pesadelo, sinalizando, a meu ver, um recomeço.

 

      Depois de tanta insistância, Mafuyu eventualmente assiste ao ensaio da banda de Uenoyama. Nesta cena, meus amigos, ocorre o auge do episódio, onde eu realmente pude afirmar a mim mesmo que valerá a pena prosseguir com a série. As dedilhadas do guitarrista e do baixista estavam bem trabalhadas e alinhadas ao ritmo e às suas devidas notas, o tocar da bateria também encaixou perfeitamente com a batida e, em suma, foi um som contagiante através de uma animação digna de se admirar.

      Os outros integrantes da banda são Nakayama Haruki - o baixista; e Kaji Akihiko, o baterista cujo anteriormente relacionou-se com a irmã mais velha de Uenoyama. Inclusive fiquei curioso para saber mais sobre este relacionamento. Todos os personagens têm um estilo alternativo, de aparência rebelde, o que de certa forma combina com a proposta de jovens que jogaram-se no mundo do Rock and roll. Por fins de curiosidade, o nome dos personagens contém alguma estação do ano: Mafuyu (inverno), Haruki (primavera), Akihiko (outono) e, por último, Uenoyama, que possui o kanji  para indicar o verão, tudo isso reflete um pouco em suas personalidades.

 

      Mesmo que inicialmente tenha sido um incômodo, a banda " adota " Mafuyu, onde ele aprende o básico sobre a música. Uenoyama também acaba cedendo de bom grado, pois enxerga no olhar de Mafuyu o mesmo garoto admirado e sonhador que um dia fora.

 

      Por fim, foi um ótimo episódio, a opening é 10/10, combina muito com o que o anime propõe e as imagens utilizadas foram congruentes, enquanto a ending é a mais simples que já vi e ainda assim a achei bastante graciosa, o cachorrinho de Mafuyu me lembra um tanuki, super-fofinho. Infelizmente a opening nos dá 1 spoiler sobre qual será a posição exercida por Mafuyu, não que seja algo imprevísivel, mas gostaria de acompanhar sem este conhecimento prévio. Mal posso aguardar os próximos episódios!

 


Clique aqui para assistir Given

 

person Sobre o Autor

Ciclista por paixão. Redatora por prazer. Garota tumblr nas horas vagas.

comment Carregando...


local_library Últimas Notícias