local_library Amor é fogo que arde sem se ver! - Kono oto Tomare! S2E2

Publicado por: Ciclista - Há: 1 mês atrás
Categoria: Resenhas



Vos deixarei estes prévios avisos em todas as resenhas deste quadro:

 

      Esta resenha é exclusivamente sobre o episódio 1 de Kono oto Tomare! 2nd Season ("Stop this Sound!"). Se ainda não acompanhaste as reviews anteriores desta série, clique aqui para conferí-las!

 

      Não é de minha pretensão descrever os episódios, tampouco compará-los com episódios posteriores ou com cenas do mangá, portanto não haverão spoilers, os comentários neste post refletem apenas ao episódio em questão.


Análise e Comentários:

 

      Dado a tensão do primeiro episódio, este previsivelmente seria um episódio para respirar fundo e dar um passo para a reconstrução do desfecho. No entanto, mesmo que o episódio desempenhe um papel de alívio, é interessante notar que há muito desenvolvimento dos personagens e que muitas imagens artísticas foram utilizadas, que é algo que sentia falta desde o comecinho da primeira temporada.

 

      Primeiramente temos o Takinami-sensei se legimitando como conselheiro oficial do clube ao compor um medley de músicas populares em koto, estes CDs e DVDs musicais serão essenciais para dar uma bagagem cultural às crianças. Finalmente Takinami se rendeu efetivamente, e a reação do clube foi hilária. xD

 

      Ainda falando sobre bagagem, mas dessa vez educacional, Tetsuki é o responsável por manter as boas notas do clube, evitando dessa forma complicações com o diretor traiçoeiro da escola. Tetsuki sempre foi um personagem fora dos holofotes principais, mas a sua influência para Kudou é imprenscendível. Quando lhe é questionado o motivo dele estar na Tokise, ele dá uma resposta sem compromisso, entretanto sabemos que deixar Kudou nos eixos corretos em vez de abandoná-lo na informalidade é mais importante do que qualquer ambição secundária para Tetsuki, e isso faz dele um grande irmão.

 

      Possivelmente todos nós já nos sentimos incomodados por não conseguir participar de um grupo social por pensar diferente, da mesma forma que Houzuki se constrange ao tentar socializar com suas colegas, que se limitam a conversar sobre garotos. Por outro lado, por trás desse constragimento há um ciúmes, visto que Kudou é bastante aclamado pelas garotas, e para quem gosta de cenas genuinamente doces, este episódio foi um prato cheio.

      Enquanto a tensão do casal rebelde se resumia a ciúmes e contato físico não intencional, a interação entre Takezou e Hiro foram mais delicadas, primeiro porque ambos não conseguem admitir para si mesmos seus respectivos sentimentos, segundo porque houve um encontro chocante entre Hiro e seus antigos colegas que espalharam-lhe blasfêmias traumáticas, porém o quatro-olhos contornou a situação heroicamente, assim como Clark Kent.


      Ademais, o que eu tinha para hoje eram apenas breves comentários, porque este foi um episódio para se apreciar, e não analisar. O que posso dizer, como conclusão, é que estas cenas-relâmpago que soam perigosas é a grande especialidade de KoT, se tratando de drama.

 

      Toma essa curiosidade gratuita: os dois quadros que aparecem em segundo plano nesta cena da ending são na verdade as capas do volume 9 e 10 do mangá.

 

As próximas reviews virão mais rapidamente e mais detalhadas.

^^

" Dizem que os dragões conectam o céu e a terra, o mundo dos vivos e dos mortos, juntando duas coisas não conectadas. Então Kotos, que são criados para se assemelhar a esses mesmos dragões, conectam os corações dos tocadores e do público ".

 


<< Resenha Anterior                     Clique aqui para assistir Kono oto Tomare!

person Sobre o Autor

Ciclista por paixão. Redatora por prazer. Garota tumblr nas horas vagas.

comment Carregando...


local_library Últimas Notícias