Erro na Linha: #83 :: file_put_contents(): Only 0 of 8311 bytes written, possibly out of free disk space
/var/www/html/system/Helpers/View.class.php


A primeira nota retumbante - Kono oto Tomare! S1E4 | Resenha - Dream News

Erro na Linha: #83 :: file_put_contents(): Only 0 of 8214 bytes written, possibly out of free disk space
/var/www/html/system/Helpers/View.class.php


local_library A primeira nota retumbante - Kono oto Tomare! S1E4

Publicado por: Ciclista - Há: 4 meses atrás
Categoria: Resenhas



Avisos Prévios

Deixarei-vos estes prévios avisos em todas as resenhas deste quadro:

 

             Esta resenha é exclusivamente sobre o episódio 4 de Kono oto Tomare! ("Stop this Sound!") e faz parte do novo quadro de criação de conteúdos do site. Se ainda não acompanhaste as reviews anteriores, clique nos nomes coloridos abaixo:

 

Review Semanal - Kono oto Tomare! - S1E1

Review Semanal - Kono oto Tomare! S1E2

O pior protagonista da temporada? - Kono oto Tomare!

 

       Não é de minha pretensão descrever o episódio, tampouco compará-lo com episódios posteriores ou com cenas do mangá, portanto não terão spoilers aqui. mas ainda assim recomendo que só leia esta resenha depois de ter assistido ao quarto episódio, pois assim compartilharemos experiências simetricamente.


Análise

 

            Inicialmente, Takezou e Satowa tentam explicar a importância dos calos para os instrumentos de corda, em especial os que são conduzidos por dedilhadas. Quando você desenvolve calos nas pontas de seus dedos, além de inibir dores, poderás emitir sons muito mais claros com seu instrumento, mas isso é consequência de uma constante prática. Certamente quem toca violão identificou-se nesta cena. Já quem adere ao ciclismo, como o autor desta resenha, prefere utilizar luvas justamente para evitá-los.

 

           Quem leu a review do episódio 3 notou que houve um parágrafo destinado somente à criticar o representante do clube, pois por causa de sua personalidade passiva, até o momento este ainda não havia nem tentado agir como um líder ou veterano. Neste episódio, Takezou ainda não provou-se um líder com maestria, mas demonstrou preocupação com essa questão, refletindo após alguns conflitos internos do clube: " Hozuki provavelmente não é adequada para ensinar, sendo tão naturalmente talentosa. Certo. A partir de agora, para que ela não tenha que arcar com toda a responsabilidade, eu preciso me erguer também ". Tenho plenitude de que a staff de Kono oto Tomare! está lendo minhas resenhas e corrigindo tudo o que critico por aqui!

 

  Segundo conceitos da administração, existem 6 tipos  diferentes de líder, são eles: autoritário, carismático, motivador, especialista, liberal e democrático. Decerto que Takezou é tido como motivador e liberal, mesmo que seja de forma inconsciente. Isso porque embora deixe a desejar no quesito técnico, ele faz questão de elogiar quando todos estão indo bem e reconhecer quando todos estão exercendo uma má performance. Outrossim, não se importa em dar a liberdade de qualquer membro do clube dar um passo a frente e tornar-se líder por um momento. Pela primeira vez na série Takezou despertou a valentia para finalmente desvelar algumas tomadas de decisões, bem como chamar todos para jantar com o objetivo de polir o relacionamento extraclasse ou propor atividades simples como bater palma em conjunto para aperfeiçoar a sincronia do grupo. Apesar de crédulo, ele está definitivamente tentando, e esse é o importante.


       Vimos também a grande capacidade de Kudou para surpreender a todos. Quando foi praticar sozinho, manifestou a admiração espontânea da especialista em koto Satowa e do presidente do clube Takezou. Depois defendeu com proeza seu representante de uma encrenca envolvendo veteranos de outros clubes. Em ambos os casos, agiu como se não tivesse feito nada de incomum. Minha presunção é de que Kudou reconhece quando faz algo surpreendente, mas prefere não demonstrar auto-satisfação por ter um cunho enfatuado e convicto de suas capacidades, e isso o deixa com uma personalidade ainda mais confiante.

 

                Se eu fosse expor um ponto negativo do episódio, eu provavelmente apontaria a ausência de um bom motivo para ambição dos co-protagonistas. Explico: cada um dos protagonistas tem uma forte motivação para transceder seus próprios limites, Kurata quer dar sequência ao sonho de suas veteranas de conquistar uma vaga no nacional; Kudou quer honrar o trabalho de seu falecido avô; já Hozuki diz que entrou no clube para adquirir notoriedade como uma prodígio. Em contrapartida, quando pergunta-se o porquê dos co-protagonistas se esforçarem, eles afirmam de forma rasa: " estamos nos esforçando porque Kudou também está ", o que acentua uma sútil forçação de barra do roteirista para manter os personagens na série.

 

              Sobre a Hozuki, é muito triste saber que ela veio de uma família tão conservadora a ponto de nunca deixá-la comer alimentos comuns entre as massas. Ainda assim é interessante vê-la sair de sua bolha familiar, aprendendo com o próprio clube que não é nenhum defeito saber pedir ajuda quando lhe é necessário, pois ninguém irá julgá-la negativamente assim como era em sua melancólica infância. Sua capacidade de detectar pequenas alterações nos sons ao seu redor também é impressionante, embora difícil de ensinar aos outros.

 

              Por fim, gostaria de elogiar o gancho instigante que deram para o próximo episódio, os olhos de Houzuki ficaram realmente vazios ao saber da história de Kudou, isso com certeza será um fator crucial para o respeito simultâneo entre as personagens.

 


Conclusão

 

                Como eu disse na minha conclusão anterior, o episódio antecessor foi realmente um excelente ponto de partida para o anime! Não tenho dúvida alguma de que este episódio foi o melhor de todos até o momento. Parecia à todos que o anime iria enraizar-se com um enfoque melodramático, em vez de musical e cultural. Mas o episódio conseguiu alcançar finalmente o auge de sua premissa cobiçosa, que é alternar ambos com maestria. Mal posso esperar para Kudou e seus amigos surpreenderem toda a escola, pois é triste que as outras pessoas vejam-os como meros encrenqueiros. Foi realmente fascinante vê-los todos em sincronia. E aquela teoria da Houzuki sobre o koto conectar os corações? Minha nossa, isso foi muito inspirador. Prometo colocá-la como citação no final de todas as minhas resenhas sobre a série.

 

Evolução da minha avaliação pessoal do anime:

 

EP1: 6/10
EP2: 7/10

EP3: 7/10

EP4: 8/10

[...]

 

               Diga-me, caro leitor, o que acrescentarias para a discussão deste episódio? Concordas com tudo o que digo? Sente falta de algo? Abaixo, nos comentários ou em nosso servidor do discord, são os espaços onde podes exprimir tudo o que pensas! >:)

 

            Gostaria de lembrá-los também, meus consagrados usuários VIPs, que Kono oto Tomare! está inteiramente upado em FullHD em nosso site, hehe.

 

" Dizem que os dragões conectam o céu e a terra, o mundo dos vivos e dos mortos, juntando duas coisas não conectadas. Então Kotos, que são criados para se assemelhar a esses mesmos dragões, conecta os corações dos tocadores e do público ".

 


<< Resenha Anterior                      Clique aqui para assistir Kono oto Tomare!

 

person Sobre o Autor

Ciclista por paixão. Redatora por prazer. Garota tumblr nas horas vagas.

Erro na Linha: #83 :: file_put_contents(): Only 0 of 1321 bytes written, possibly out of free disk space
/var/www/html/system/Helpers/View.class.php



comment Carregando...


Erro na Linha: #83 :: file_put_contents(): Only 0 of 1115 bytes written, possibly out of free disk space
/var/www/html/system/Helpers/View.class.php


local_library Últimas Notícias